Diocese de Novo Hamburgo

Pastoral da sobriedade

Sobriedade e paz, só por hoje, graças a Deus!

E ser dependente só do amor de Deus!

 

Equipe diocesana

Coordenador: Rinaldo Alberton

E-mail: pastoraldasobriedade@via-rs.net   

Telefone: (051) 99998-6503/3592-7972

Vice-coordenadora: Neusa Ferreira Fetter

E-mail: neusafetter@yahoo.com.br 

Telefone: (051) 99978-8142/3523-1840

Secretária: Genacéia da Silva Alberton 

Telefone: (051) 35927972/99991-6246 

E-mail: gsa@via-rs.net

Tesoureiro: Elias Bernardo da Rosa

Telefone: (051) 99633-7582

Assessor eclesiástico:

Reuniões diocesanas

As reuniões diocesana realizam-se bimestralmente, no 1º sábado do mês. As datas estão no Calendário Diocesano de Pastoral. Participam dela todos os agentes habilitados pelo Curso de Capacitação.

Curso de Formação 

O Curso de Capacitação de Agentes da Pastoral da Sobriedade, segundo os critérios da  Coordenação Nacional, habilita os agentes, pela certificação a:

1) Criar Grupos de Autoajuda (GAA);

2) Coordenar a reunião do GAA e Grupos de Partilha

3) Fazer os relatórios do número de  participantes, tipo de dependência e assiduidade no Ciclo;

4) Postar, por senha restrita, no Sistema Nacional da Sobriedade, os dados registrados nos 12  Passos de cada um dos cinco Ciclos. 

Curso de Formação Permanente: 

1) A Espiritualidade da  Pastoral da Sobriedade;

2) Estudo e reflexão dos 12 Passos da Pastoral da Sobriedade;

3) A Oração, Terço e Via-Sacra da Sobriedade;

4) Fundamentos Bíblico-Teológicos da Pastoral da Sobriedade

5) As drogas e seus efeitos

Pastoral da Sobriedade

É uma pastoral missionária e social. É a ação da Igreja Católica que age, especialmente, na prevenção das dependências, junto aos diversos grupos da comunidade, em comunhão com as outras pastorais e movimentos, levando a conhecer a pessoa de Jesus Cristo e sua  mensagem, que propõe uma mudança de vida através da conversão pessoal e  pastoral.

Objetivo geral

Prevenir e recuperar com ações pastorais e comunitárias pessoas com dependência alcoólica e outras drogas, vícios e pecados, a partir da vivência dos 12 Passos da Pastoral da Sobriedade em uma ação pastoral conjunta, buscando a colaboração e a integração de todas as pastorais, movimentos da Igreja particular

Objetivos específicos

1) Implantar grupos de autoajuda da Pastoral da Sobriedade nas paróquias; 

2) Formar e capacitar novos agentes da Pastoral da Sobriedade; 

3) Desenvolver a formação permanente dos agentes capacitados; 

4) Atuar politicamente junto às forças vivas da comunidade pela exigência da fé, à luz dos ensinamentos de Cristo.


Missão da Pastoral

Evangelizar, a partir de Jesus Cristo libertador e na força do Espírito Santo, apresentando o amor gratuito e misericordioso do Pai, através do serviço, do diálogo e do testemunho de comunhão fraterna, integrando fé e vida. Além disso, promover a dignidade da pessoa, da família e da Comunidade de fé, contribuindo para a construção de uma sociedade justa e solidária.

Missão do agente

“A missão do agente é expressar o amor gratuito do Pai, que desperta em nós a solidariedade com o mundo e com a humanidade, fazendo os excluídos os nossos preferidos” (CNBB, Regional Sul 3).

Prioridades

1) Conscientizar as lideranças da Igreja para o desenvolvimento das ações preventivas a todas as dependências; 

2) Criar os Grupos de Autoajuda (GAA) da Pastoral da Sobriedade para a recuperação dos dependentes e familiares;

3) Organizar as coordenações diocesana e paroquiais da Pastoral da Sobriedade;

4) Promover a captação de recursos financeiros para viabilizar os Encontros de Capacitação de Formação de Agentes da Pastoral da Sobriedade. 

Metodologia

A metodologia do Grupo de Autoajuda (GAA) atende as exigência da Evangelização (Serviço, Anúncio, Diálogo e Testemunho de Comunhão) e as Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora (DGAE), levando o dependente e o codependente a participar do Programa de Vida Nova, a Terapia do Amor, refletindo e vivenciando os 12 Passos, fundamentados na Doutrina e nos Sacramentos da Igreja Católica.

Características 

São características do Grupo de Autoajuda da Pastoral da Sobriedade:

1) É uma Pastoral social e missionária, desenvolvendo uma ação evangelizadora;

2) Segue um Programa de Vida Nova –Terapia do Amor, conduzindo a uma  reflexão pessoal;

3) Não se limita à dependência química: álcool e outras drogas, mas também aos vícios e aos pecados;

4) Respeita a individualidade, não permitindo aconselhamento;

5) Trabalha o respeito e a disciplina, assegurando o sigilo necessário;

6) Mantém a “Porta Aberta” no dia e hora da Reunião do GAA;

7) Nos Grupos de Partilha separam-se por parentesco e não por sua condição;

8) Vai-se além do bloqueio da droga, propondo-se o resgate da dignidade e do verdadeiro sentido da vida.

Extraído do Material Didático – CNBB