Diocese de Novo Hamburgo

SDJ no Encontro Nacional dos Responsáveis Diocesanos de Juventude 

- Andréia Kunz e Jovens Conectados

Os assessores do Setor Diocesano da Juventude de nossa diocese estão participando do Encontro Nacional dos Responsáveis Diocesanos de Juventude. 

O encontro ocorre em Brasilia, neste final de semana, 06 e 07/09, reunindo sacerdotes, leigos, assessores e jovens para debater e rezar o processo de evangelização da juventude. Esta é a XV edição do Encontro e reúne em torno de 100 representantes de todo o Brasil. Rezamos pelos nossos assessores Pe Ezequiel Herold, Luiz Henrique e  Andréia Kunz.

(Imagem LinhaD)


XV Encontro Nacional de Responsáveis Diocesanos da Juventude (ENRDJ)

Para o presidente da comissão, Dom Nelson Francelino Ferreira, o encontro tem uma grande importância porque trata da consolidação da Pastoral Juvenil em sua pluralidade. Para o bispo, se antes as diversas expressões juvenis viam com certa suspeita a implantação do Setor Juventude nas dioceses, hoje podem testemunhar que ele não visa suplantar nenhuma das expressões, mas fortalecer a comunhão, somar forças.

“A cada encontro, vamos dando passos concretos de comunhão e fortalecendo o protagonismo juvenil diante dos desafios e possibilidades apresentados pela cultura urbana. Isso tudo em profunda sintonia com as últimas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, aprovadas na última Assembleia Geral da CNBB deste ano”, conta o bispo.

Suicídio juvenil será um dos temas 

No encontro de setembro, além de revisar e aprofundar os cinco eixos do Projeto IDE, com trocas de experiências, será também abordado um tema, presente nas várias realidades urbanas do nosso Brasil e que tanto tem angustiado nossas lideranças, que é o suicídio juvenil.

Segundo o assessor da comissão, Pe. Antônio Ramos do Prado, SDB, o encontro traz o tema – com dados alarmantes – para uma sensibilização dos adultos que trabalham com jovens. “O tema será abordado por uma psicóloga, que ajudará a sensibilizar e mobilizar os adultos a lidar e perceber o comportamento dos jovens para poder ajudá-los e encaminhá-los para apoios profissionais adequados de acompanhamento”, explica.

(Regional Sul 3 / Eaí?Tchê)

Entre outros assuntos que serão abordados estão o calendário de atividades para o ano de 2020, as perspectivas para a pastoral para os próximos anos, o Sínodo dos Bispos “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”, ocorrido em outubro de 2018 no Vaticano, e a Exortação pós-sinodal Christus Vivit. O tema será refletido pelo jovem Lucas Galhardo, que representou a Pastoral Juvenil do Brasil nos diversos momentos antes, durante e após o sínodo.

“Convocamos todas as lideranças das diversas dioceses do Brasil para construirmos, revisarmos juntos, somarmos forças para a desafiadora missão de contribuir para uma Igreja em estado permanente de Missão nesse cenário nacional que tanto nos desafia, como nos pede o querido Papa Francisco”, convida Dom Nelson.