Diocese de Novo Hamburgo

Ordenações Diaconais

- PASCOM NH

No primeiro domingo de agosto, dia 04, na Catedral São Luiz – Novo Hamburgo ocorre as Ordenações diaconais. A Diocese contará com mais dois novos diáconos: Angelo Diego Cadoná e Rafael Fernando Staudt. O rito de ordenação acontecerá durante a missa que terá início às 15h, presidida pelo Bispo Diocesano de Novo Hamburgo, Dom Zeno Hastenteufel. Apresentamos os seminaristas que serão ordenados.


 

Angelo Diego Cadoná 
 

Perfil

Nascido em 14 de agosto de 1987, Angelo Diego Cadoná  é natural de Tenente Portela, Rio Grande do Sul. É filho de Genesio Roque Cadoná e Laidi Antônia Cadoná. Tem duas irmãs: Jaqueline Cadoná e Lisandra Cadoná.

 

Surgimento da Vocação

 O despertar da vocação ocorreu no ano de 2008, quando ele participou de um retiro no Seminário Betânia, na  época fazia parte do grupo do CLJ. Em 2012, quando estava participando de um encontro de  catequistas resolveu escutar o chamado de Deus e seguir sua vocação. Ele era catequista de crisma, e estava em uma palestra com o padre Alex que falava sobre os sacramentos, “quando o padre falou do sacramento da Ordem meu coração se inquietou, senti uma enorme vontade de seguir a Cristo de forma mais profunda”, explica.

Entrou no Seminário Propedêutico Betânia em 2012. Cursou Filosofia no Seminário Maria Mater Eclesiae, Itapecerica da Serra, São Paulo. Depois foi estudar Teologia no Seminário São Luiz Gonzaga em Viamão.

Realizou trabalhos pastorais nas seguintes Paróquias: Senhor Bom Jesus de Taquara, São José do Bairro Canudos de Novo Hamburgo e Imaculada Conceição de Igrejinha. Realizou seu ano pastoral na paróquia São Jorge do Bairro Campina em São Leopoldo e atualmente realiza trabalhos pastorais na São Luiz Gonzaga de Sapiranga, sua paróquia de origem.

 

Importância da Família na Vocação

Os pais sempre atuaram na Igreja, foram tios do CLJ, sua mãe é Ministra Extraordinária da distribuição da Eucaristia. Os pais e as irmãs sempre deram apoio na caminhada vocacional, inclusive sua irmã Jaqueline foi a sua primeira catequista.

 

Significado da Ordenação Diaconal

O significado da ordenação diaconal primeiramente é representar o olhar amoroso de Deus na sua vida. Segundo ele, um olhar de infinita misericórdia e compaixão, mas também de confiança, em dispensar tão grande missão. No segundo momento como resposta para este olhar, é sua gratidão e seu amor, limitado por suas imperfeições, mas com uma grande vontade de retribuir a este Deus servindo em seu diaconato.

 

Mensagem aos leitores

Continuem rezando por mim, para que eu possa ser um instrumento de Deus, conto com as orações de todos.

 


 

 

Rafael Fernando Staudt

Perfil

Nascido em 7 de abril de 1988, Rafael Fernando Staudt é natural de Novo Hamburgo. Filho de Marcos Aurélio Staudt e de Karinini Elisiane Staudt, tem uma irmã, Taís Regina Staudt.

 

Surgimento da Vocação

Foi na Paróquia Nossa Senhora da Piedade que Rafael, desde bebê frequentava às missas, levado por seu pai e sua mãe. Foi Coroinha, aos 8 anos começou  a participar do ONDA, onde seus  pais eram tios,  ele ficou   no movimento até os 13 de idade. Em seguida iniciou a sua  participação no CLJ,  foi no movimento que desenvolveu seu amor pela Igreja e por Jesus Cristo.  Desde muito  cedo sentia um chamado ao sacerdócio, mas  evitou este convite por vários anos,  pensando  para si mesmo que devia seguir a vida trabalhando e estudando. Neste meio tempo, cursou e formou-se em Administração de Empresas. O padre que o  acompanhava  sempre lhe  dizia que deveria fazer a experiência de entrar no seminário. O ano de 2011 foi decisivo na vida do Rafael. Foi o ano em que terminou a faculdade e também o ano que esteve na Jornada Mundial da Juventude em Madri.  Sempre no sábado, que antecede o fim da jornada, acontece a vigília e adoração ao Santíssimo.  Os jovens passam a noite toda ao relento, adorando e rezando.  O então Papa Bento XVI, convidou e animou os jovens a pensarem em suas vocações. Foi o que ele necessitava para decidir-se a dizer sim a sua Vocação. Voltou decidido a dar o passo e fazer uma experiência, isto aconteceu  em agosto daquele ano . Rafael seguiu seu discernimento vocacional,  em fevereiro do ano seguinte foi admitido ao Seminário Propedêutico Betânia, que é a primeira etapa para jovens que já terminaram o Ensino Médio. Permaneceu no Betânia por  um ano, depois cursou dois anos de Filosofia no Seminário Maria Mater Eclesiae,  em Itapecerica da Serra, São Paulo e três anos de Teologia no Seminário São Luiz Gonzaga em Viamão.  Fez seu ano pastoral auxiliando no Seminário Menor Nossa Senhora Auxiliadora em Dois Irmãos, e neste ano de 2019  conclui seus estudos de Teologia.

 

Importância da Família na Vocação

 A família é a base da minha vocação, foi na família que aprendi a rezar e a amar.  Agradeço muito a Deus por meus pais, minha   irmã e os meus avós. Ele revela que desde o momento que contou que talvez entrasse no seminário, sempre teve o apoio total e incondicional de todos.  A família é a Igreja doméstica, por meio dela que as crianças encontram e recebem primeiramente a Deus, pois são os pais que as levam ao Batismo.   Rogo  a Deus que cada vez mais os casais santifiquem as suas famílias e façam delas um local de encontro com Deus.

 

Significado da Ordenação Diaconal

A ordenação diaconal  é a entrega da vida totalmente a serviço de Deus.  O sacramento da Ordem confere ao diácono um sinal que não pode ser apagado, pois o configura ao Cristo Servidor de todos. Portanto, o diácono se torna um “imitador” da vida do Senhor, prolongando no mundo o serviço iniciado por Ele. É na ordenação diaconal  que promete-se obediência ao Bispo, vivência da castidade e a oração da liturgia das horas.  A ordenação irá concretizar o desejo e a vontade de estar completamente entregue a Deus no serviço aos outros, caminhar rumo à santidade e levar quantos mais a encontrarem-se com Deus e também caminharem nesta  estrada.

 

 

Mensagem aos leitores

Que todos possam também encontrar a sua vocação, pois precisamos de santos sacerdotes, mas precisamos também de santos consagrados e santas famílias.  Não se encontra  a vocação por meio de um teste vocacional, ali  talvez se encontre uma profissão. Encontramos a vocação  na intimidade da oração com Deus e por meio do auxílio de um bom diretor espiritual, que irá ajudar no seu discernimento. Rezarei por todos vocês e peço que rezem por mim. Que Deus sempre abençoe a todos.

 

 


CONVITE: