Diocese de Novo Hamburgo

A necessidade do Altíssimo

- Padre Ariel Luiz Bühler – Promotor Vocacional

Constantemente os fiéis cristãos comentam sobre a missão de servir a Deus, como muitas vezes é pesada a cruz e como é necessário crescer em virtudes para fortalecer-se no bom cumprimento de suas atividades. Verdadeiramente temos consciência de que precisamos buscar a santidade e ao mesmo tempo ajudar nossos irmãos a serem santos também. Até aqui nenhuma novidade, imagino.

Contudo precisamos estar sempre cuidando para não sermos egoístas na missão. Muitas vezes queremos contar somente com nossas forças e nossa vontade para desempenhar as tarefas propostas pela Igreja. Mas temos que nos dar conta de que somos necessitados da Graça de Deus. Sem o auxílio do Altíssimo todo o trabalho é em vão, é vazio.

Por isso, neste mês do Sagrado Coração de Jesus, queremos fazer o propósito de desempenhar nossas tarefas cada vez mais na presença de Jesus.Com Cristo, por Cristo e em Cristo! Assemelhar-se ao Sagrado Coração de Jesus para desempenhar com força e humildade nosso serviço.

Jesus aponta para seu Coração indicando que nossa fraqueza e cansaço deve fortalecer-se e descansar Nele. Ainda que muitos sentem a necessidade de buscar refúgio em tantas coisas e pessoas, não há nada melhor do que refugiar-se e descansar no próprio Coração de Jesus.

Então, se é necessário a presença do Altíssimo para o nosso caminhar, no campo da vocação não pode ser diferente. A caminhada vocacional exige total discernimento e perseverança em Deus. Como iremos discernir ou perseverar na nossa vocação se tivermos um coração egoísta e solitário? Que vocação resistiria com tamanho descuido no trato com Jesus?

Queremos ser testemunhos do Sagrado Coração! Vocacionados que transmitam ao mundo esse amor que Deus tem por ele. Como fazer? Vivendo intensamente nossa vocação, sendo exemplo para os demais, cumprindo os mandamentos do Senhor e contando sempre com Sua Graça.

Por isso, nesta edição trouxemos mais alguns testemunhos vocacionais de pessoas que souberam entender a necessidade do Altíssimo no caminhar vocacional. Pessoas que também têm problemas, dificuldades, que também são julgadas por querem ser de Deus! Eles estão vivendo plenamente o chamado de Deus. Que possamos nós pedir ao Sagrado Coração de Jesus: Nos ajude a viver nossa vocação plenamente e fazei do nosso coração semelhante ao Vosso! Que Jesus e Maria os guarde.


TESTEMUNHO VOCACIONAL

 Bernardo Moraes

 “Tenho 19 anos e sou  membro da CLAE - Comunidade de Louvor e Adoração Emanuel. Participo da Comunidade Emanuel  cerca de 3 anos, em vista de uma consagração como leigo. Nossa missão é aproximar Deus daqueles que Dele não se aproximam. Temos trabalhos de evangelização em escolas, presídios, clínicas de recuperação entre outros.
Ter descoberto minha vocação no Carisma Emanuel me fez descobrir quem eu realmente sou! E isso me faz feliz, como todo aquele que encontra sua verdadeira vocação.


Noviça Geralda Alves 

"Aqui estou,  Envia-me!" A vocação é um chamado de Deus a serviço dos irmãos. Recordo-me muito bem como suscitou no meu âmago o desejo de ser religiosa. Desde da infância que conheço as irmãs Guanellianas, daí fui me encantando com o jeito, hábito...delas. Mas, antes disto, pensava em estudar, ter um curso acadêmico e ser independente, porém os desígnios de Deus são diferentes. Aos treze anos a voz do senhor ressoava com mais evidência, daí os anos foram passando e em dois mil e doze que iniciei participando dos encontros vocacionais e a partir da convivência com as irmãs e postulantes que de fato, resolvi dizer sim ao chamado do Senhor e logo no ano seguinte entrei na congregação, hoje sou noviça e com a graça de Deus no início de dois mil e vinte farei os votos. Vocação acertada vida feliz! E você jovem, não pensa em seguir Jesus mais de perto?


Valter Luís Costa e Adriana Alida Costa 

"A confiança em Deus e ao seu chamado nos levou a nos conhecer e constituir uma família. Hoje quando olhamos nossa caminhada e tudo que passamos, nos alegramos e ver que contribuímos com seu plano, devolvendo a Ele as joias que nos confiou,  nossos filhos."


Seminarista Jonas 

“Desde de pequeno empolgava-me participar da igreja, quando iniciei a catequese foi uma grande alegria, mais entusiasmado fiquei ao ser convidado, pelo seminarista, agora padre Alexandro Lemos, para tornar-me coroinha e exercer este serviço na liturgia em minha paróquia São José Operário – Fião, São Leopoldo. Meus compromissos intensificaram-se ainda mais quando fiz o curso do Onda em 2010.

A partir de uma conversa com o Lucas Mancilha, coordenador do grupo na época, quis conhecer o seminário. Pedi aos meus pais que conversassem com o padre Lucas Peres, então promotor vocacional, e assim fui ao Seminário Menor Maria Auxiliador em Dois Irmãos, que me encantou pela convivência e orações. Ao final dos encontros sempre queria ficar morando lá. Enfim, em 2014, ingressei no 9° ano do ensino fundamental. Por fim, digo como o apóstolo Paulo: “Já que eu fui alcançado por Cristo, deixando o que está para trás, eu me lanço para alcançar aquele que me alcançou” (Fl 3, 12-13).