Diocese de Novo Hamburgo

Seminaristas da diocese receberão Admissão e Ministérios

- PASCOM NH

Um importante passo para o setor vocacional de nossa diocese e para a vida de nove de nossos seminaristas será dado no dia 16 de junho, quando Dom Zeno, nosso bispo, conferirá a admissão às ordens sacras a cinco deles, e ministério de leitor e acólito a outros quatro.

 

ADMISSÃO ÀS ORDENS SACRAS

O rito de Admissão às Ordens Sacras destina-se a que o aspirante ao Diaconato ou ao Presbiterato manifeste publicamente a sua vontade de se doar a Deus e à Igreja, para exercer a Ordem Sagrada. A Igreja, aceitando esta doação, escolhe-o e chama-o, a fim de se preparar para receber a Sagrada Ordem, passando assim a ser contado legitimamente entre os candidatos ao Diaconato e ao Presbiterato" ( cf. Cerimonial dos Bispos n. 479).

Serão admitidos os seminaristas do primeiro ano de teologia, Edilson Longo, Jéferson Lima, José Francisco da Rosa, Lucas Negri e Roger Mesquita Haag.

MINISTÉRIO DE LEITOR

"O Leitor é instituído para a função que lhe é própria, de ler a palavra de Deus nas assembleias litúrgicas. Por isso mesmo, na Missa e nas demais acções sagradas, será ele a fazer as leituras da Sagrada Escritura (com excepção, porém, do Evangelho); na falta do salmista, será ele a recitar o salmo entre as leituras; quando não houver diácono ou cantor, será ele a enunciar as intenções da oração universal; a dirigir o canto e a orientar a participação do povo fiel; a preparar os fiéis para a recepção digna dos Sacramentos. Poderá, além disso, na medida em que for necessário, ocupar-se da preparação de outros fiéis que, por encargo temporário, devam ler a Sagrada Escritura nas acções litúrgicas. Para poder desempenhar-se destas funções, cada vez com maior aptidão e perfeição, procure meditar com assiduidade a Sagrada Escritura" (cf. Ministeria Quaedam, n. V).

Serão instituidos leitores os seminaristas de segundo ano de teologia, Eric Pozzobon dos Santos; Guilherme Bianchini Minosso e Júlio César Witgen.

 

MINISTÉRIO DE ACÓLITO

O Acólito é instituído para ajudar o Diácono e para servir o Sacerdote. É sua função, portanto, cuidar do serviço do altar; auxiliar o Diácono e o Sacerdote nas ações litúrgicas, sobretudo na celebração da Missa; distribuir, como ministro extraordinário, a Sagrada Comunhão, todas as vezes que os ministros de que se trata no cân. 845 do Código de Direito Canônico faltarem ou não o puderem fazer, por motivo de doença, de idade avançada ou do ministério pastoral, ou todas as vezes que o número dos fiéis que se aproximam da Sagrada Mesa for tão elevado, que possa vir a ocasionar uma demora excessiva da celebração da Missa. Pode ainda ser-lhe mandado, em circunstâncias extraordinárias, que exponha publicamente o Santíssimo Sacramento à adoração dos fiéis, e depois o reponha; não pode, porém, dar a bênção ao povo. Na medida em que for necessário, poderá também cuidar da instrução de outros fiéis que, por um encargo temporário, devam ajudar o sacerdote ou o diácono nas acções litúrgicas, levando o missal, a cruz, as velas, etc., ou exercendo outras funções deste género. Desempenhará mais dignamente estes ofícios, se participar na Santíssima Eucaristia, cada vez com uma piedade mais ardente, alimentando-se dela e procurando alcançar um conhecimento da mesma sempre mais profundo (cf. Ministeria Quaedam, n. VI).

Receberá o ministério de acólito o seminarista de terceiro ano de ano de teologia, Salvador Francisco Porcher.

 

A celebração eucarística na qual será conferida cada ministério acontecerá na paróquia São Joséno bairro Primavera, em Novo Hamburgo, no dia 16 de junho, às 11h. Após, será servido um almoço comemorativo no mesmo lugar. O cartão para o almoço custa R$25,00 e pode ser adquirido com os seminaristas e amigos do seminário. Para mais informações, pode-se entrar em contato com o seminário pelo email seminarioviamao@mitranh.org.br ou pelo telefone (51)3446-9456.