Diocese de Novo Hamburgo

Maio, mês de Maria e das Mães

- PASCOM DIOCESANA

Maio é um mês especial para agradecer a mulher que nos deu a vida, a nossa mãe. Agradecer profundamente à aquela que nos ensinou a amar, a viver e a ser gente. E entre todas elas, nós temos a nossa Mãe do Céu: Maria. Ela é a Mãe de Deus, nossa Mãe e Mãe da Igreja.

Nossa Senhora é o modelo de mãe que ama, que cuida, que protege e mostra o caminho que nos leva até Cristo. Ela é o exemplo de amor e fidelidade ao Pai. A Virgem Maria convida todas as mães a assumirem com responsabilidade à vocação materna, o amor ao projeto de Deus e indica o caminha da Salvação: Jesus Cristo. Que Nossa Senhora, derrame suas graças e bênçãos sobre todas as mães do nosso País e do Mundo.

Apresentamos o testemunho de 4 mães de nossa Diocese, elas falam sobre a experiência da maternidade em suas vidas.

 

 

 

 IRIA VETTORAZZI GALLE

78 anos, viúva, 5 filhos e 1 neta

Paróquia Imaculada Conceição – Igrejinha - RS

“Ser mãe é um presente de Deus. É tão sublime o que uma mãe pode sentir de ter a dadiva de poder ser mãe! Ser mãe é passar as noites sem dormir velando o sono dos nossos filhos. É a experiência mais bela que pode acontecer a uma mulher. Agradeço a Deus por ter recebido esta graça. Amo meus filhos”.

 

 

 

CELANIRA MARIA DA ROSA GUIMARÃES

77 anos, viúva, 3 filhos e 6 netos

Paróquia Santa Teresinha – Taquara – RS

“Ser mãe é tudo, é graça, é a experiência mais linda do mundo. Que Deus abençoe os meus filhos e netos.  Eu amo meus filhos e netos. Que Deus os proteja e que sejam felizes”.

 

 

 

                                                                                                                                  

 ADRIANA SACHSER

46 anos, casada, 2 filhos

Paróquia São Pedro Apóstolo – Ivoti – RS


“Ser mãe é graça, é presente de Deus. Nossos filhos são uma bênção em nossas vidas. Em um mundo tão conturbado e com tantos valores invertidos, precisamos educar os filhos na fé para que sejam pessoas de bem, homens e mulheres de Deus. Agradeço a Deus por me dar a graça de ser mãe e me dar filhos maravilhosos, e peço à Mãe do Céu que me ajude a viver a maternidade como fonte de santidade para mim e meus filhos”.

                                                   

 

DESIRÉE BARBOSA DE SOUZA

30 anos, casada, 1 filho

Paróquia Santa Catarina – São Leopoldo – RS


“Ser mãe é ter a graça de gerar uma alma que passa a existir dentro do nosso ventre e durará por toda a eternidade. É ter o dom de participar da criação Divina doando a nossa vida para dar vida aos filhos. É gerar, dar a luz, alimentar e educar na fé e no amor os filhos, ajudando-os a trilhar o caminho de santidade, de modo que no final de nossa vida, tenhamos cumprido nossa missão de devolver a Deus os filhos que Ele mesmo nos confiou. Foi na maternidade que eu encontrei o sentido completo de ser mulher e esposa e agradeço a Deus pelo filho que temos e por todos os outros que Ele ainda irá nos confiar”.